post

Quanto custa o seu funcionário? Aprenda a planejar os encargos trabalhistas

Todo empresário que possua um quadro de funcionários sabe que o ônus financeiro mais elevado se encontra na folha de pagamento dos trabalhadores. Por este motivo é essencial que a empresa tenha um planejamento dos encargos trabalhistas de modo a manter a saúde financeira corporativa.

Os custos diretos que o empregado contratado em regime CLT demanda são: salário nominal, remuneração de férias, adicionais por insalubridade, periculosidade ou noturno, transporte e alimentação. Já os custos indiretos são compostos pelo FGTS (Fundo de Garantia pelo Tempo de Serviço), subsídios a planos de saúde, multas, prêmios e bonificações diversas. Além disso, existem alguns encargos trabalhistas devidos à previdência e ao Estado como INSS, Taxa de Segurança Social e Taxa Adicional de Rescisão.

Por conta de tantos fatores que oneram a contratação de um funcionário, o empresário deve ter muito bem planejada a sua contabilidade, de modo que a folha de pagamento não interfira negativamente na produtividade financeira da companhia.